Topo da Página
Portal de Acessibilidade do RS
Governo do Estado do RS - SDSTJDH
Início do conteúdo

Você está em: Página Principal » Praia Acessível 2016-2017 » Apresentação


ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
SECRETARIA DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS
HUMANOS FUNDAÇÃO DE ARTICULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E PESSOAS COM ALTAS HABILIDADES NO RIO GRANDE DO SUL
– FADERS ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO -





PROJETO PRAIA ACESSÍVEL
2016-2017

Órgão Promotor e Executor

Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul – Faders Acessibilidade e Inclusão, em parceria com instituições (Sesi/RS, Sesc/RS, Unisc e Ong Caminhadores) e municípios.


Período de Execução

De dezembro 2016 à março de 2017


Objetivo Geral

Assegurar às pessoas com deficiência condições de acessibilidade à beira mar, viabilizando a utilização e desfrute do litoral com equidade, dignidade, segurança, conforto e maior autonomia possível por todas as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, através da disponibilização de equipamentos (cadeiras anfíbias) para o banho de mar assistido.


Descrição do Projeto

O Programa Praia Acessível tem como objetivo oferecer equipamentos e tecnologia para que pessoas com deficiência possam usufruir da praia e do banho de mar com segurança e dignidade, através da disponibilização de equipamentos (cadeiras anfíbias) para o banho de mar assistido.
Desenvolvido pela Faders Acessibilidade e Inclusão, com parceiros públicos, privados e voluntários desde o verão 2012/2013, o projeto pretende essencialmente criar uma cultura de respeito à acessibilidade a beira mar e incentivar os gestores públicos a implementar e manter projetos permanentes de acessibilidade em seus municípios.
A partir de um novo conceito, o projeto propõe eixos de atuação e desenvolvimento:
Atingir os principais balneários pertencentes ao Litoral Norte, Médio, Sul e Bacia Hidrográfica do Guaíba, disponibilizando equipamentos (cadeiras anfíbias) para o banho assistido, e com isso ampliar o serviço e os atendimentos às pessoas com deficiência em novas regiões litorâneas do Estado.
As atividades deverão ser desenvolvidas diariamente em local previamente divulgado, e assim oportunizar o banho assistido a moradores e veranistas da localidade.
A ação conjunta entre a Faders e as instituições parceiras também visa potencializar a comunicação, prevendo a divulgação da relação com municípios e locais do serviço, e com isso atingir diferentes regiões do Estado e difundir as informações com acesso facilitado as pessoas com deficiência.
Assim, a Faders no seu papel de articulação e desenvolvimento de políticas públicas para pessoas com deficiência e com altas habilidades no Rio Grande do Sul, desenvolverá o projeto em parceria com instituições como Sesc/RS, Sesi/RS, Unisc e Ong Caminhadores. As instituições parceiras disponibilizarão equipamentos (cadeiras anfíbias) e profissionais para atendimento. Já os municípios parceiros viabilizarão o espaço e profissionais para atuação diária à beira mar. Por fim, a Faders também disponibilizará equipamentos e promoverá capacitações e assessoramentos tanto as instituições parceiras quanto aos municípios.
As cadeiras anfíbias são feitas com um tipo de pneu especial, que permite superar a dificuldade de locomoção das pessoas com deficiência na areia, e também não afundam na água. Devido à sua altura, é possível o usuário entrar na água, em uma profundidade não perigosa no mar. Existe facilidade na transferência para a cadeira, permitindo assim a pessoas com deficiência vivenciar uma experiência de lazer com segurança e independência à beira mar.

Justificativa

Segundo dados do censo realizado pelo IBGE no ano de 2010, 24% da população gaúcha apresenta algum tipo de deficiência. Historicamente essas pessoas vivenciam diariamente uma realidade de limitação, exclusão e invisibilidade decorrentes de diversas barreiras impostas pela sociedade.
Foram essas barreiras que levaram a Faders a criar e executar o Projeto Praia Acessível de forma pioneira, conclamando e desafiando toda a sociedade gaúcha, poder público e privado a atentar para as questões de acessibilidade no litoral.
A Faders Acessibilidade e Inclusão, no seu papel de articulação e desenvolvimento de políticas públicas para pessoas com deficiência e com altas habilidades no Estado do Rio Grande do Sul, através das ações desenvolvidas no Projeto Praia Acessível, tem como prioridade difundir o conceito de acessibilidade, autonomia e vida independente, tornando visível, plena e efetiva a participação das Pessoas com Deficiência no Litoral Norte, Médio, Sul e Bacia Hidrográfica do Guaíba e a partir disso serem protagonistas de sua própria história, oportunizando-as a participar da sociedade em condições de igualdade com as demais.
Para ser cidadã e cidadão, cada indivíduo precisa poder transitar, conviver e sentir-se parte da sociedade, em uma troca permanente de saberes, vivências e experiências.
Possibilitar igualdade de condições para todo o cidadão é dever do Poder Público e cada um de nós deve fazer a sua parte para que isto seja cumprido.
A Faders Acessibilidade e Inclusão em parceria com as instituições como Sesc/Rs, Sesi/RS, Unisc e Ong Caminhadores, além da disponibilização das cadeiras anfíbias, realizará a capacitações e monitoramento do Projeto Praia Acessível. Ainda, ocorrerá uma aproximação com setores das administrações municipais, principalmente nas áreas da segurança e trânsito com o objetivo de garantir acessibilidade nos locais do projeto.

Público Alvo

Pessoas com Deficiência ou mobilidade reduzida (Crianças, jovens, adultos e idosos) beneficiados através do atendimento direto

Familiares das pessoas com deficiência e comunidade em geral (moradores, veranistas, visitantes) através do atendimento indireto

Local de realização a ser atendido pela Faders e seus parceiros: (em tratativas)

Rio Grande (Cassino)
Pelotas (Laranjal)
São Lourenço do Sul
Porto Alegre (Lami)
Pinhal
Cidreira
Mostardas
Tramandaí
Imbé
Xangri-lá
Atlântida Sul
Capão da Canoa
Arroio do Sal
Torres

Avaliação de Impacto
A execução deste projeto é relevante para toda sociedade, pois além de criar uma cultura de respeito à acessibilidade, mostra todas as possibilidades no desfrute de bens comuns por todas as pessoas, que podendo ter acesso pleno, saem da invisibilidade, quebrando paradigmas e preconceitos há muito enraizados, criando a consciência de que acessibilidade é para todos os cidadãos e que cabe a cada um de nós, crianças, jovens, adultos e idosos, promover ações e consciência para garantir a acessibilidade e a inclusão.



Página anterior | - | Voltar para o topo da página





Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul FADERS
Rua Duque de Caxias, 418 - Bairro Centro - Porto Alegre/RS - CEP: 90.010-280
Telefone/Fax: (51) 3287-6500 - faders@faders.rs.gov.br
Horário de atendimento: De segunda à sexta-feira das 8h ás 12h e das 13h30 ás 17h30
Todos os direitos reservados.